Drop files to upload.
Faithlife Corporation

Rt 2 Lições de um pacto

Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 8 views
Notes & Transcripts

Descobertas do Valor de  um Pacto

Rute 2

1 Noemi tinha um parente por parte do marido. Era um homem rico e influente, pertencia ao clã de Elimeleque e chamava-se Boaz.

2 Rute, a moabita, disse a Noemi: “Vou recolher espigas no campo daquele que me permitir­”. “Vá, minha filha”, respondeu-lhe Noemi.

3 Então ela foi e começou a recolher espigas atrás dos ceifeiros. Casualmente entrou justo na parte da plantação que pertencia a Boaz, que era do clã de Elimeleque.

4 Naquele exato momento, Boaz chegou de Belém e saudou os ceifeiros: “O SENHOR esteja com vocês!” Eles responderam: “O SENHOR te abençoe!”

5 Boaz perguntou ao capataz dos ceifeiros: “A quem pertence aquela moça?”

6 O capataz respondeu: “É uma moabita que voltou de Moabe com Noemi.

7 Ela me pediu que a deixasse recolher e juntar espigas entre os feixes, após os ceifeiros. Ela chegou cedo e está em pé até agora. Só sentou-se um pouco no abrigo”.

8 Disse então Boaz a Rute: “Ouça bem, minha filha, não vá colher noutra lavoura, nem se afaste daqui. Fique com minhas servas.

9 Preste atenção onde os homens estão ceifando, e vá atrás das moças que vão colher. Darei ordem aos rapazes para que não toquem em você. Quando tiver sede, beba da água dos potes que os rapazes encheram”.

10 Ela inclinou-se e, prostrada, rosto em terra, exclamou: “Por que achei favor a seus olhos, ao ponto de o senhor se importar comigo, uma estrangeira?”

11 Boaz respondeu: “Contaram-me tudo o que você tem feito por sua sogra, depois que você perdeu o seu marido: como deixou seu pai, sua mãe e sua terra natal para viver com um povo que você não conhecia bem.

12 O SENHOR lhe retribua o que você tem feito! Que seja ricamente recompensada pelo SENHOR, o Deus de Israel, sob cujas asas você veio buscar refúgio!”

13 E disse ela: “Continue eu a ser bem acolhida, meu senhor! O senhor me deu ânimo e encorajou sua serva - e eu sequer sou uma de suas servas!”

14 Na hora da refeição, Boaz lhe disse: “Venha cá! Pegue um pedaço de pão e molhe-o no vinagre”. Quando ela se sentou junto aos ceifeiros, Boaz lhe ofereceu grãos tostados. Ela comeu até ficar satisfeita e ainda sobrou.

15 Quando ela se levantou para recolher espigas, Boaz deu estas ordens a seus servos: “Mesmo que ela recolha entre os feixes, não a repreendam!

16 Ao contrário, quando estiverem colhendo, tirem para ela algumas espigas dos feixes e deixem-nas cair para que ela as recolha, e não a impeçam”.

17 E assim Rute colheu na lavoura até o entardecer. Depois debulhou o que tinha ajuntado: quase uma arroba[1] de cevada.

18 Carregou-a para o povoado, e sua sogra viu quanto Rute havia recolhido quando ela lhe ofereceu o que havia sobrado da refeição.

19 A sogra lhe perguntou: “Onde você colheu hoje? Onde trabalhou? Bendito seja aquele que se importou com você!” Então Rute contou à sogra com quem tinha trabalhado: “O nome do homem com quem trabalhei hoje é Boaz”.

20 E Noemi exclamou: “Seja ele abençoado pelo SENHOR, que não deixa de ser leal e bondoso com os vivos e com os mortos!” E acrescentou: “Aquele homem é nosso parente; é um de nossos resgatadores!”

21 E Rute, a moabita, continuou: “Pois ele mesmo me disse também: ‘Fique com os meus ceifeiros até que terminem toda a minha colheita’ ”.

22 Então Noemi aconselhou à sua nora Rute: “É melhor mesmo você ir com as servas dele, minha filha. Noutra lavoura poderiam molestá-la”.

23 Assim Rute ficou com as servas de Boaz para recolher espigas, até acabarem as colheitas de cevada e de trigo. E continuou morando com a sua sogra.

INTRODUÇÃO

  1. No cap 1 deste livro pudemos deixamos Rute buscando a restauração da sua família através de um pacto tríplice
          • a.    Com Deus
          • b.    Com pessoas
          • c.    E com o povo de Deus
  2. E aprendemos que o caminho da restauração passa por essa tríplice aliança.
  3. No capítulo dois veremos os primeiras descobertas que Rute e Noemi vão fazer, do que acontece quando firmamos um pacto com Deus com as pessoas e com o povo de Deus na terra.
  4. Este é só o começo da história de uma restauração surpreendente .
  5. Por isso gostaria de convidá-lo a identificar cada uma das descobertas que estas mulheres farão neste capítulo.

I Casualidades são o trabalho manual de deus

Rute 2

1 Noemi tinha um parente por parte do marido. Era um homem rico e influente, pertencia ao clã de Elimeleque e chamava-se Boaz.

2 Rute, a moabita, disse a Noemi: “Vou recolher espigas no campo daquele que me permitir­”. “Vá, minha filha”, respondeu-lhe Noemi.

3 Então ela foi e começou a recolher espigas atrás dos ceifeiros. Casualmente entrou justo na parte da plantação que pertencia a Boaz, que era do clã de Elimeleque.

  1. A primeira descoberta que estas mulheres fazem é que casualidades no processo de reconstrução, na verdade são o trabalho manual de Deus em nossas vidas.
  2. O autor sagrado faz questão de destacar este fato, quando começa o capítulo nos informando que havia um parente de Noemi em Belém.
  3. E sem que Rute soubesse disto ela vai buscar o que comer justamente no campo deste parente .
  4. Deus estava por trás  desta aparente coincidência.
  5. Tenho aprendido ao longo da minha vida que muitas vezes o que parece ser casualidade é cuidado de Deus, controle do Senhor para conosco.
  6. Assim como Rute foi conduzida àquele campo sem que soubesse, Deus tem nos conduzido de modo que possamos ser restaurados e os processos que ele usa, ainda que pareçam casualidade são cuidados do Senhor para conosco.
  7. Ilustrações è Michel chorando no chuveiro e Deus , o telefone toca e é seu amigo falando o que Deus havia colocado em seu coração.
  8. Deus quer lhe ajudar a fazer uma grande descoberta em sua jornada de restauração: Ele está no controle, mesmo quando não compreendemos, mesmo que não saibamos o próximo passo.

ii Voltar é o primeiro passo na reconstrução

Rute 2

4 Naquele exato momento, Boaz chegou de Belém e saudou os ceifeiros: “O SENHOR esteja com vocês!” Eles responderam: “O SENHOR te abençoe!”

  1. Uma segunda descoberta que estas mulheres farão é que sair de Moabe e voltar para Belém ( casa do pão na terra de Deus ) era o primeiro passo no caminho da restauração.
  2. Muitas vezes imaginamos que a solução das nossas lutas se encontra nos lugares que o inimigo controla e exalta o seu senhorio.
  3. As vezes até invejamos aqueles que não vivem a fé e os valores do reino de Deus
  4. E quando algo acontece, como a fome na terra, pensamos que ali poderemos encontrar a resposta, mas na verdade, nos perdemos e sofremos ainda mais .
  5. Foi assim com Noemi.
  6. Mas quando ela decidiu voltar a terra de Deus e viver( ou quem sabe morrer) sob os valores do seu Deus, a reconstrução começou.
  7. As portas que só Deus pode abrir começaram a escancarar-se .
  8. Se você é um servo de Deus e está nas terras do inimigo, seguindo os valores daquele que veio para matar, roubar e destruir. Quero dizer que não importam as razões que o levaram até este lugar, não há esperança , nem benção ai.
  9. Mas quando você der os primeiros passos na direção do Senhor, ele mesmo conduzirá a sua restauração.
  10. Esta é uma das grandes lições deste livro.
  11. Chega de sofrer é tempo de voltar
  12. Ilustração de Abraão è Fome è Egito è não construiu nenhum altar, mentiu, quase perdeu a família è mas quando voltou os propósitos de Deus voltaram a tomar forma em sua vida .
  13. Quantas são as pessoas que tem passado a sua história em Moabe. Está na hora de voltar.

III Os Valores do Povo de Deus São Instrumentos de Reconstrução

5 Boaz perguntou ao capataz dos ceifeiros: “A quem pertence aquela moça?”

6 O capataz respondeu: “É uma moabita que voltou de Moabe com Noemi.

7 Ela me pediu que a deixasse recolher e juntar espigas entre os feixes, após os ceifeiros. Ela chegou cedo e está em pé até agora. Só sentou-se um pouco no abrigo”.

8 Disse então Boaz a Rute: “Ouça bem, minha filha, não vá colher noutra lavoura, nem se afaste daqui. Fique com minhas servas.

9 Preste atenção onde os homens estão ceifando, e vá atrás das moças que vão colher. Darei ordem aos rapazes para que não toquem em você. Quando tiver sede, beba da água dos potes que os rapazes encheram”.

10 Ela inclinou-se e, prostrada, rosto em terra, exclamou: “Por que achei favor a seus olhos, ao ponto de o senhor se importar comigo, uma estrangeira?”

11 Boaz respondeu: “Contaram-me tudo o que você tem feito por sua sogra, depois que você perdeu o seu marido: como deixou seu pai, sua mãe e sua terra natal para viver com um povo que você não conhecia bem.

12 O SENHOR lhe retribua o que você tem feito! Que seja ricamente recompensada pelo SENHOR, o Deus de Israel, sob cujas asas você veio buscar refúgio!”

13 E disse ela: “Continue eu a ser bem acolhida, meu senhor! O senhor me deu ânimo e encorajou sua serva - e eu sequer sou uma de suas servas!”

14 Na hora da refeição, Boaz lhe disse: “Venha cá! Pegue um pedaço de pão e molhe-o no vinagre”. Quando ela se sentou junto aos ceifeiros, Boaz lhe ofereceu grãos tostados. Ela comeu até ficar satisfeita e ainda sobrou.

15 Quando ela se levantou para recolher espigas, Boaz deu estas ordens a seus servos: “Mesmo que ela recolha entre os feixes, não a repreendam!

16 Ao contrário, quando estiverem colhendo, tirem para ela algumas espigas dos feixes e deixem-nas cair para que ela as recolha, e não a impeçam”.

17 E assim Rute colheu na lavoura até o entardecer. Depois debulhou o que tinha ajuntado: quase uma arroba[2] de cevada.

1.    Uma terceira descoberta que estas mulheres farão é que os valores do povo de Deus são instrumentos de reconstrução.

2.    Algumas vezes não entendemos as razões ou a utilidade dos valores que passamos a cultivar em nossa vida quando firmamos um pacto com Deus, com pessoas e com o seu povo.

3.    Alguns até se revoltam diante destes valores. Especialmente quando os mesmos tem a ver com dinheiro.

4.    Sei que muitas pessoas tem dificuldades em entender os dízimos e as ofertas como um valor do reino de Deus .

5.    Outro dia, recebi um email de um ouvinte do radio que criticava a minha mensagem de maneira bastante ácida ao afirmar que pregar sobre o dízimo era prática de pastores que eram falsos profetas.

6.    Mas o que não entendemos é que cada doutrina tem um valor intrínseco que precisa ser interiorizada em nossa vida.

7.    O valor que está por trás da atitude de Boás era: Deus é o dono e não eu .

a.    A terra não pertencia à Boás ela era de Deus que havia colocado-a sob a sua administração, para abençoá-lo, mas também para glorificar ao verdadeiro dono: Deus

b.    Para que o sentimento de posse não dominasse o coração do povo de Deus, o Senhor inseriu na lei regulamentos que demonstrassem esse valor de maneira prática, entre eles estava a lei da respiga.

                                  i.    Como a terra pertencia a Deus e Boás era apenas o seu arrendatário, o dono Deus, determinou que as laterais do campo em uma ceifa não pertenciam a Ele, mas o dono dava o fruto daquela terra aos pobres, estrangeiros, viúvas e órfãos de Israel.

                                ii.    Por isso eles poderiam colher o fruto que nascesse nas laterais do camp, bem como tudo o que caísse  das  mãos do ceifeiro. Eles não poderiam recolher , pois pertencia a Deus e Deus tinha dado aos desvalidos do povo.

c.    E todos, pobres, trabalhadores, e donos de terras precisavam separar a décima parte para o Senhor ( Dízimo) que tinha o propósito do sustento do culto, através dos sacerdotes e levitas e um terço era destinado a assistência social.  

d.    E a terra sempre voltava às famílias que a receberam na divisão das tribos de Israel a cada 50 anos  ( Uma reforma agrária por  geração)

8.    Não sei, talvez , uma das razões desta família ter migrado para Moabe em um tempo de crise foi não precisar praticar estes valores ali.

9.    No entanto foram estes valores que permitiram a reconstrução desta família que voltava a terra de Deus em pior situação do que quando partiram

10. Os valores do reino de Deus são princípios que nos ensinam, de maneira prática a colocar o Senhor em primeiro lugar .

11. Jesus ensinou è Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça e todas as outras coisas vos serão acrescentadas.

12. Quando colocamos o Senhor em primeiro lugar em todas as áreas da vida, a reconstrução e o resgate se manifestam

13. No primeiro dia de trabalho, pois não era caridade, a terra pertencia a Deus e Rute precisava colher o fruto como todos os outros trabalhadores, ela pode levar para casa o equivalente a uma lata de 20 l de grãos de cevada, mais o que sobrou do almoço que deu para ambas no jantar .

14. Era um sinal de Deus para elas. è Os valores do Reino são instrumentos da reconstrução e do resgate.

15. Experimente vive-los.

iv o caráter forjado pelos valores do pácto faz parte do processo de reconstrução  

10 Ela inclinou-se e, prostrada, rosto em terra, exclamou: “Por que achei favor a seus olhos, ao ponto de o senhor se importar comigo, uma estrangeira?”

11 Boaz respondeu: “Contaram-me tudo o que você tem feito por sua sogra, depois que você perdeu o seu marido: como deixou seu pai, sua mãe e sua terra natal para viver com um povo que você não conhecia bem.

12 O SENHOR lhe retribua o que você tem feito! Que seja ricamente recompensada pelo SENHOR, o Deus de Israel, sob cujas asas você veio buscar refúgio!”

13 E disse ela: “Continue eu a ser bem acolhida, meu senhor! O senhor me deu ânimo e encorajou sua serva - e eu sequer sou uma de suas servas!”

1.    Quando os valores são aplicados à nossa vida eles forjam o nosso caráter.

2.    Por isso o nosso texto descreve tanto Rute como Boás como pessoas de caráter

1 Noemi tinha um parente por parte do marido. Era um homem rico e influente, pertencia ao clã de Elimeleque e chamava-se Boaz.

a.    Onde o nosso texto é traduzido como  rico è encontramos a mesma palavra que é traduzido por virtuosa ou de caráter  em 3.11

11 Agora, minha filha, não tenha medo; farei por você tudo o que me pedir. Todos os meus concidadãos sabem que você é mulher virtuosa.

3.    E foi justamente a postura e o caráter de Rute que fez com que Boás homem de caráter pudesse sentir-se tocado a ajudá-la.

4.    Ela temia a Deus , era humilde, leal e  trabalhadora.

5.    Mesmo não conhecendo todos os costumes do povo de Deus, sabia portar-se como uma mulher digna ( ceifava junto às empregadas e distante dos trabalhadores, como mulheres vulgares daquele tempo fariam)

6.    Por isso o coração de Boás entendia que Deus lhe recompensaria e que ele poderia ser parte dos instrumentos divinos para abençoá-la.

7.    O mundo de hoje precisa de homens e mulheres de caráter, pessoas que não somente confessam a Jesus como Senhor, mas que pelo seu modo de vida refletem os valores do Reino de Deus em meio a uma sociedade corrompida.

8.    Nós precisamos de homens de caráter que saibam dizer não aos valores que controlam a sociedade , mas que saibam dizer sim, mesmo com sacrifício, aos valores do Reino de Deus que resgatam tanto a pessoa quanto a família e a sociedade.

9.    Pessoas que reflitam o  temor do Senhor em suas atitudes, palavras, na sua postura humilde ( não arrogante diante dos outros, mesmo porque você não é dono de nada , como Boás)

10. Que entendam que a bênção de Deus não é desculpa para não trabalharmos com dedicação, pois tudo quanto fazemos, fazemos para a glória de Deus .

11. Pais ajudem os seus filhos a entenderem o valor do trabalho, da humildade, do respeito e do temor do Senhor

12. Vivam estes valores nas suas casas

13. Vivam a lealdade e compromisso uns com os outros .

14. E todos vivam estes valores para com Deus

15. Este caminho constrói a vida , a família e a socieade.

v uma nova percepção da realidade ( Noemi )

18 Carregou-a para o povoado, e sua sogra viu quanto Rute havia recolhido quando ela lhe ofereceu o que havia sobrado da refeição.

19 A sogra lhe perguntou: “Onde você colheu hoje? Onde trabalhou? Bendito seja aquele que se importou com você!” Então Rute contou à sogra com quem tinha trabalhado: “O nome do homem com quem trabalhei hoje é Boaz”.

20 E Noemi exclamou: “Seja ele abençoado pelo SENHOR, que não deixa de ser leal e bondoso com os vivos e com os mortos!” E acrescentou: “Aquele homem é nosso parente; é um de nossos resgatadores!”

21 E Rute, a moabita, continuou: “Pois ele mesmo me disse também: ‘Fique com os meus ceifeiros até que terminem toda a minha colheita’ ”.

22 Então Noemi aconselhou à sua nora Rute: “É melhor mesmo você ir com as servas dele, minha filha. Noutra lavoura poderiam molestá-la”.

23 Assim Rute ficou com as servas de Boaz para recolher espigas, até acabarem as colheitas de cevada e de trigo. E continuou morando com a sua sogra.

1.    A realidade da vida de Noemi ainda não havia mudado, mas algo estava mudando dentro dela.

2.    As coisas não pareciam ser tão negras quanto antes e uma pitadinha de esperança parece surgir em seu coração.

3.    Quando estamos no lugar que Deus quer , comprometidos com ele, com pessoas e com o povo dele , Ele mesmo, nos ajuda a perceber a realidade com outras lentes.

4.    As lentes escuras podem ser trocadas pelas lentes que nos permitem ver a realidade com as cores da fé, da esperança e do amor.

5.    Nada havia mudado, mas parece que o louvor pode brotar nos lábios da mulher que antes era amarga.

6.    Ele podia perceber o cuidado de Deus , tanto na aparente coincidência quanto na lata de grãos e no jantar que chegara.

7.    Mas além de tudo isto. Ela não estava só, Deus estava com ela , sua família estava ao seu lado e o povo de Deus também

8.    Fé , esperança e amor são essências à jornada da reconstrução

a.    A fé será o leme è mostra para onde devemos ir, pois cremos no projeto que Deus tem para nós

b.    Esperança é a propulsão è é ela que nos move adiante, desejamos um futuro melhor e cremos que ele pode vir por isso, nos movemos e trabalhamos

c.    Mas o amor é o combustível è que usamos para alimentar a esperança e para direcionar o nosso leme da fé para o propósito de Deus

9.    Hoje Jesus quer mudar as lentes de seus óculos, para que você possa discernir a realidade com outras cores.

10. Ele quer incutir fé è Deus tem um propósito para minha vida mesmo quando não encontro sentido para o que está acontecendo

11. Ele quer ligar o motor da esperança è Este propósito é bom e nos leva a um futuro melhor.

12. Ele quer recarregar as baterias da nossa vida com o seu amor fiel, o compromisso com os seus amados e o apoio carinhoso do povo de Deus .

13. Mas para isto você precisa reafirmar o seu pacto com Jesus, com a sua família e com a igreja , o povo de Deus na terra.

14. Deixe o Senhor lhe mostrar novas cores para a sua realidade .


----

[1] Um Efa , ou o equivalente a uma lata de 20 litros ( 22 litros)

[2] Um Efa , ou o equivalente a uma lata de 20 litros ( 22 litros)

RELATED MEDIA
See the rest →
Get this media plus thousands more when you start a free trial.
Get started for FREE
RELATED SERMONS
See the rest →