Drop files to upload.
Faithlife
Faithlife

Ef. 4.17-24: Qual o segredo?

Sermon  •  Submitted
0 ratings
· 1 view
Notes & Transcripts
ILUSTRAÇÃO
50 anos juntos! Isso é fantástico e nada comum.
Encontramos tantos problemas modernos
Dizem que casamento é uma instituição falida
Sec. XXI relacionamento moderno
Se não der, a gente separa
Na vdd hj tudo conspira para que o casamento não dê certo.
A pergunta é: QUAL O SEGREDO? Como chegar os 50 anos de casamento? Com a mesma pessoa, do sexo oposto!
ADVERTISEMENT
ELUCIDAÇÃO
Nos empenharemos em encontrar a resposta no texto
Paulo foi um grande homem que escreveu grandes coisas
Não foi diferente nesta Epístola aos crentes de Éfeso, ou da região em torno de Éfeso.
Nesses últimos capítulos, 4-6, Paulo trabalha temas exortativos
Objetivamente: os crentes devem viver como filhos da luz
Paulo ve a igreja como corpo de Cristo, e por isso, mesmo aqui não falando objetivamente sobre casamento, podemos retirar princípios para descobrir o SEGREDO.
QUAL O SEGREDO?
1. Precisamos andar contrário ao antigo. Vs. 17-19
Inicialmente, tudo gira em torno dos gentios = são os que não são convertidos.
(Está vendo eles, não andem como eles)
Pq não devemos andar?
-Pq eles andam na vaidade/futilidade dos seus próprios pensamentos
= andam sem propósito de pensamento / na depravação do pensamento
Correr atrás do vento
Buscar felicidade no presente século
Buscar que o outro lhe dê a felicidade
Se envolver por completo nos desejos carnais
E perceber, no final, de que nada adiantou, tudo futilidade/vaidade
-É como o mar, onde todos os rios correm para o mar, mas ele nunca se enche.
Pq não devemos andar?
Obscurecidos de entendimento - Passivo
-Suas mentes se escureceram = não há entendimento. / Trevas DIFERENTE de luz
Alheios à vida de Deus - Passivo
-Alienados – totalmente afastados da vida que Deus comunica aos seus.
- O que provocou isso?
- Ignorância em que vivem (na vaidade, obscurecidos, alheios)
- Moralmente cego; o que rejeita conhecimento divino
- Dureza do coração (Faraó, do Egito)
“Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?”
Esse tipo de coração sempre andará contra a vontade de Deus; pois está perdido em seus pecados, vivendo nas trevas.
O QUE ESTÁ RUIM, PODE PIORAR! (Abismo chama outro abismo)
Misturando tudo isso, dará em: tendo-se tornado insensíveis.
-Tornaram-se insensíveis à voz de Deus.
-Não há esforço para sufocar os desejos e pecados, pelo contrário, rejeitaram a verdade de Deus. Foram em busca do pecado.
Por isso:
-Se entregaram por completo, totalmente.
-Sensualidade, impureza, ganância.
-Com isso, desconsideram por completo os direitos e sentimentos dos outros
-A rejeição a Deus é tão intensa, a entrega a sensualidade é tão grande que:
Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si.”
Não é isso que o casal buscou...
ISMÊNIA: “Eu queria um rapaz inteligente, que soubesse trocar lâmpadas, arrumar chuveiro e me sustentasse, porque trabalhei desde criança para ajudar em casa. Vi que ele ra tudo isso e de coração aberto para fazer a vontade de Deus.”
Além de andar contrário ao antigo...
2. Precisamos viver o novo. Vs. 20-24
ANTÍTESE dos vs anteriores
-Essas não são conduta que Cristo ensinou
-Essas não são condutas daquele que recebeu Cristo em seu coração
O que recebe Cristo “não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite.”
A conclusão é: se aprendemos de Cristo; e ouvimos verdadeiramente e fomos instruídos por completo, estaremos na verdade, que é Jesus, porque Ele é a Verdade em pessoa.
POR ISSO, A EXIGÊNCIA É:
DESPOJAR – deixar de lado a antiga conduta, o velho homem
-PQ ele está sendo corrompido – desejos do engano; desejos que levam a morte (ANTÍTESE = desejo é meditar na Lei do Senhor de dia e de noite)
OUTRA EXIGÊNCIA É:
RENOVAR – ser tornado novo (diferente do despojar, que envolve um interesse pessoal, aqui a ação é exclusivamente de Deus, não da vontade do homem)
-Espirito de Deus agindo para transformar uma mente (mesma palavra do vs. 17 “pensamentos”) cativa, uma mente obscurecida, que andava na vaidade dos seus próprios pensamentos para uma mente ativa, agora, à verdade.
ULTIMA EXIGÊNCIA É:
- REVESTIR – agora transformado e renovado, o homem, sendo novo, que foi criado por Deus tem novas perspectivas e escolhas.
-Justiça (contrário de buscar a vaidade/futilidade dos pensamentos) (moralmente correta, que busca a Deus)
-Santidade (contrário de buscar os desejos próprios) (separado para Des e fazer o que agrada a Ele)
-Verdade (contrário de ser o homem o centro da sua busca) (busca conhecer mais de Deus)
MARIO
Conduta de uma pessoa que foi revestida do novo homem: “Passados dois anos, a Ismênia também começou estudar no Instituto Bíblico, quando passei a orar pelo nosso relacionamento, e pedi também que outras pessoas orassem nesse sentido.”
CONCLUSÃO
-Paulo, nessa passagem, inicia instruções, admoestações que continuam no decorrer da Epístola.
- Santidade, não estar nas trevas, se encher do Espírito, sobre estar sujeito uns aos outros, sobre a relação entre marido e mulher, filho, servo...
- Instruções ricas à Igreja.
- ESPECIAL É: a conduta da igreja é importantíssima porque ela é a noiva de Cristo, e ela precisa se preparar para a chegada do seu noivo.
- E nisso vemos que o casamento é, de fato, a ilustração visível para todos da relação que Cristo tem com a Igreja.
- Aqui vemos uma aliança perpétua, sacramentada desde o início. (Adão, Noé, Abrão, Davi – Jesus)
- Como figura visível, verdadeiro testemunho, pe que deve ser visto o nosso casamento. Nossas vidas testemunham o verdadeiro amor entre Cristo e a igreja.
Por isso que:
-Joguemos fora as antigas práticas de quando não estávamos com Deus, de quando ainda éramos ímpios. A conduta ímpia estragará, ruirá o casamento (1º SEGREGO).
-Vivamos verdadeiramente a vida que confessamos ter em Cristo Jesus. Apenas nele conseguiremos cumprir a aliança que estabelecemos com nosso cônjuge, pois toda vez que olhar para essa aliança, me lembrarei da Aliança perpétua que Deus estabeleceu com o povo que Ele escolheu (2º SEGREDO).
Diante de tudo isso, desse casal que buscou em Deus, viveu em Deus, agradou a Deus, podemos dizer: “a ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém.”
RELATED MEDIA
See the rest →
RELATED SERMONS
See the rest →